Marketing é sobre Mudança

7Recompensas

Marketing é sobre Mudança, experiência, inovação, testes, marketing é humanizar.

Marketing é sobre Mudança, experiência, inovação, testes, marketing é humanizar.

Não sei se você já notou, caso não, repare agora. Há uma grande quantidade de novos termos de marketing que estão flutuando no mundo de hoje.

Recentemente ouvi o termo “marketing da escassez.” O que provavelmente vai para a mesma vibe do “influenciador de marketing”, “growth hacking”, e “SEO” tudo são coisas estúpidas que as pessoas estúpidas usam para parecerem inteligentes. Mas e aí você deve e pode me chamar de estúpido, sim, o marketing pode se dar ao luxo disso. #risos

Mas isso me levou a pensar sobre o que está por trás da ascensão da “escassez” de marketing: uma certa urgência? :0)

Em algum lugar ao longo da linha, muito do nosso marketing e publicidade parecem ter perdido seu senso de urgência e isto é uma vergonha, porque sem um senso de urgência, uma resposta emocional, não é provável que tenha a reação e o resultado que estejam esperando do tipo:

Será que alguém comprará de nós;Será que um colaborador tornará uma potência em sua área;Retweetarão a nossa comunicação sempre;Sem o sentido de urgência e um impulso emocional, nenhuma ação será tomada.

Isso me traz de volta para ideia que me iniciou neste artigo, do que é o que o marketing atual realmente anda fazendo por nós?

Vamos para algumas inquietações:

Ele nos ajudam a fazer alguma mudança?Sem o marketing, tudo é sobre o status quo?Isso tudo não é apenas o que o marketing está lá para fazer e pronto!..Marketing é sobre mudança.

O marketing é mudar a sua mente para comprar algo novo, trazer um voto para alguém, fazer uma doação, tomar uma ação e uma grande decisão. Para o marketing ser bem sucedido, você tem que parar de fazer algo que você costumava fazer há alguns dias e anos atrás e fazer algo diferente em seu lugar.

Esse é o desafio que muitos de nós da área, principalmente eu, lidamos atualmente. Nós não temos conseguido mais motivar as nossas perspectivas e os nossos clientes a tomarem algum tipo de ação e ou sentimento.

Há toneladas de profissionais que jorram fora suas ideias e talentos sobre o inbound marketing, que já está saturado. Mas mesmo assim, se você está fazendo o marketing de conteúdo bem-sucedido, você deve ter algumas pistas chegando. Então pense e repense nisso, o mesmo do mesmo colhe frutos bons?

O desafio aqui é que se você confiar apenas em inbound marketing, você pode não estar recebendo o suficiente de leads necessários.

Mas você continua pressionando por mais ligações de inbound, porque você não quer ser agressivo em nenhum momento, mas acredite, você pode ser atencioso, pontual fora do inbound marketing também. Conecte-se com emoções e sensações do seu público, e mais ainda com a sua persona construída.

Há uma crença equivocada no inbound marketing de que ele vai apenas levar alguém para o lugar certo, e vai fazê-los tomar a decisão certa.

E, não é que o medo de ser agressivo é que entra em jogo também.

O que torna nossos CTAs fracos e ineficazes.

Finalmente; nós perdemos contato com o ser humano em marketing.

Em muitos casos, nós caímos de amor com os dados de todas as formas e decisões.

Isso é ótimo.

Dados é uma ferramenta fantástica para analisar decisões e ações e descobrirmos como tirar melhores ações. O desafio é que os dados em si só, nem sempre é uma ferramenta muito boa para o desenvolvimento de uma conexão com as pessoas.

Infelizmente, muitas das nossas decisões são menos sobre a emoção e mais sobre os dados.

Todas as decisões de compra são baseadas na emoção.

Sabendo estas questões para criar a mudança, como podemos melhorar esta justificativa para que a mudança seja feita já?

Em primeiro lugar, não tenha medo de defender a si mesmo e seu ideal de marketing e fazer a mudança:

Se você comprar a hipótese de que o marketing é sobre a mudança, você precisa ser um advogado para essa mudança.

É isso, e ponto final.

Para fazer isso, você não pode ter medo de fazer esta mudança acontecer.

Vender a sua visão para a mudança.

Vender suas ideias.

Empurrar seus medos para as suas soluções.

A chave de muitas soluções está em você perguntar para a pessoa do outro lado da compra o que ela sentiu e ou achou da experiência, e quais as decisões ela teve para dar o próximo passo com você?

Isso é tão verdadeiro.

Você tem que fazer isso.

Finalmente, colocar um pouco de humanidade de volta para o seu marketing para que isto não aconteça mais, como este exemplo:

No mundo dos esportes, vimos os jogos tanto da Copa do Mundo quanto os do dia a dia se tornarem mais e mais cartazes para impressões corporativas.

Os logotipos são todos farinha do mesmo saco.

Os anúncios são dolorosamente semelhante no tom, textura e conteúdo.

Os jogos são bombeados e cheios dos mesmos comerciais, o mesmo ruído e o mesmo mercado anunciando.

Ao todo, eles tornaram-se monótonos.

Isso aconteceu porque os líderes desses esforços esqueceram que há pessoas do outro lado da relação.

Eles podem dizer que eles se importam, mas as ações que tomaram mostram o contrário.

Este foi apenas um exemplo de muito mais.

Olhe para muito da nossa publicidade digital, tipo esses banners que são espalhados por toda parte. A maneira de que os anúncios nos seguem ao redor da web devido aos cookies. Quase tudo é feito a partir do ponto de vista de que os dados dizem sobre nosso comportamento digital.

Mas o que o lado humano do que você diz está relacionado com tudo isso?

Em vez de olhar para criar o maior número de contatos que você possa fazer, por que não se concentrar em fazer uma conexão significativa?

Em vez de apenas ir tentando fazer mais, talvez menos, faça uma experiência de uma conexão mais pessoal?

O importante aqui é que o marketing é sobre a mudança e a mudança é provável cada vez mais exigir muito mais de você também. Porque se você não criar a mudança, ela nunca vai acontecer.

Espero que eu tenha lhe ajudado a dar novos passos em encontro ao seu cliente, pois ele o espera há muito tempo mesmo. Boa leitura e obrigado ;0)

 

RelacionadoPorque o Growth Hacking não é apenas Marketing

Em "Growth Hacker"

5 mitos de ter um marketing terceirizado

Em "growth hacking marketing"

O futuro do Marketing nas Mídias Sociais

Em "Marketing"

Denunciar conteúdo

Tem algo a dizer? Esse é seu momento.

Se quer receber notificações de todos os novos comentários, deve entrar no Beevoz com o seu utilizador. Para isso deve estar registado.