Imagine-se num mundo três anos à frente

Comparando profissionalmente o que você faz hoje com o que gostaria de fazer daqui a três anos, quais são as mudanças que consegue antever?

Reid Hoffman, o fundador do Linkedin, observa que os profissionais aprenderão cada vez mais a gerenciar a si mesmos como empresas. No mercado global, em rápida mudança e orientado para a internet, muitas organizações estão recorrendo à mão de obra externa e temporária para preencher suas lacunas profissionais, uma vez que alguns colaboradores permanentes não conseguem manter suas habilidades atualizadas.

Nos negócios habilitados pela informação, uma grande equipe interna permanente parece cada vez mais desnecessária, contraproducente e cara. Sendo assim, o velho argumento de que "freelancers" e temporários só aumentam a burocracia necessária para gerenciá-los está perdendo força rapidamente: graças à internet, o custo de encontrar e rastrear a mão de obra externa cai para quase zero. Além disso, o volume e a qualidade de "freelancers" aumentou dramaticamente nos últimos 12 anos.

Para os profissionais talentosos, trabalhando e sendo pagos por múltiplos projetos, existem grandes oportunidades. Em 2010, o mundo tinha 1,2 bilhão de pessoas on-line. Em 2020, esse número chegará a cinco bilhões. Cerca de três bilhões de pessoas, e seus cérebros, estarão disponíveis para trabalhar via smartphones e tablets. 

Imagine-se num mundo três anos à frente. Comparando profissionalmente o que você faz hoje com o que gostaria de fazer daqui a três anos, quais são as mudanças que consegue antever?

#DebatesExponenciais17 – Planeje sua carreira na Era Exponencial: O que você quer debater sobre o planejamento de sua carreira profissional no nosso grupo Linkedin https://www.linkedin.com/groups/12066146  ou, presencialmente, na Livraria Cultura?

Contribuir para ampliar a interpretação de ideias.

Denunciar conteúdo

1 comentário

Deixe seu comentário
João Florêncio Bastos Filho2 d Novembro d 2017 a las 17:36 (UTC)
Planejar a carreira é focar o desenvolvimento profissional no autoconhecimento, na educação continuada e no processo de fazer escolhas frente às oportunidades de trabalho na Era Exponencial.

Tem algo a dizer? Esse é seu momento.

Se quer receber notificações de todos os novos comentários, deve entrar no Beevoz com o seu utilizador. Para isso deve estar registado.